EUA recuperam US$ 2,3 milhões de ataque ransomware

EUA recuperam US$ 2,3 milhões de ataque ransomware

As autoridades dos EUA disseram hoje que recuperaram cerca de US$ 2,3 milhões (£ 1,6 milhão) em criptomoedas do ataque de ransomware ao oleoduto colonial.

A vice-procuradora-geral dos Estados Unidos, Lisa Monaco, disse que os investigadores apreenderam 63,7 Bitcoins, agora avaliados em cerca de US$ 2,3 milhões, pagos pela Colonial após o hack do mês passado que provocou uma grande escassez em postos de gasolina ao longo da costa leste.

Mônaco acrescentou que o Departamento de Justiça “encontrou e recapturou a maior parte” do resgate pago pela Colonial.

A operadora do oleoduto disse que pagou quase US$ 5 milhões para recuperar o acesso.

O ataque cibernético viu um grupo criminoso, que segundo os EUA operava na Rússia, desligar o sistema por vários dias e exigir um resgate.

O hack provocou uma alta nos preços dos combustíveis, pânico na compra e escassez em algumas áreas. Moradores da Flórida juntaram-se a enormes filas em postos de gasolina em meio a preocupações com a escassez.

A Casa Branca instou executivos de negócios a intensificarem as medidas de segurança para proteção contra ataques de ransomware.

A secretária de comércio, Gina Raimondo, disse no fim de semana que o governo Biden estava procurando todas as opções de defesa contra ataques de ransomware e que o assunto estaria na agenda quando o presidente Joe Biden se reunir com o presidente russo Vladimir Putin neste mês.

Traduzido e adaptado de: cityam.com

Compartilhe este post

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *